Viajar no dia dos namorados

A desculpa do dia dos namorados é sempre uma boa desculpa para viajar. Tirar uns dias de férias e passar este dia especial com a pessoa que gosta num lugar mágico é o melhor que pode pedir. Mas antes de ter a certeza que quer viajar, comece por procurar sítios e preços.

Por vezes, queremos deslocar-nos até locais que acabam por ficar mais caros do que esperava. Portanto, se quer ser independente de agências de viagens, comece por procurar nos sites das companhias aéreas os destinos para onde estas voam.

Depois de ver os destinos para onde pode viajar, faça uma selecção dos preferidos e dos mais económicos. Às vezes o ideial é procurar pelos preços médios de cada país para ir preparado.

Quando tiver tudo isto feito, pode avançar com a compra.

Mas se não quer ter trabalho e o dinheiro não é problema, então ficam aqui algumas sugestões de locais ideais para celebrar esta data.

Paris (França)

A capital francesa é hoje a capital mais visitada pelos turistas de todo o mundo. No entanto, e apesar do seu encanto, é das cidades mais caras da europa. Torre Eiffel, Museu do Louvre, Arco do Triunfo ou a Catedral de Notre-Dame são apenas alguns dos pontos de referência por todo o mundo. Para além disso, ainda tem a Disneyland Resort.

Veneza (Itália)

Dia dos Namorados em Veneza

Conhecida por ser a cidade mais romântica de Itália, pelos seus passeios de gôndola, os barcos que percorrem as ruas feitas rios, no meio da cidade. Uma das grandes referências históricas é a Basílica de São Marcos. Para além disso, é das cidades que tem o carnaval mais típico e único do mundo. Veneza é uma cidade de grandes eventos, como é o caso do Festival de Cinema e Bienal de Artes.

Amesterdão (Holanda)

Capital dos países baixos, Amesterdão distingue-se pela cultura liberal, pelas ruas e prados floridos, pela cerveja e pela arte. Um dos maiores pontos turísticos da cidade é a casa de Anne Frank.

Praga (República Checa)

Praga é capital da República Chega e um dos mais belos centros urbanos da Europa actual. É conhecida pela sua aposta na cultura e na preservação do património. Para além disso, é o centro económico e industrial da República Checa.

Viena (Áustria)

A capital da áustria é também a capital da música erudita, sendo a cidade berço de artistas como Schubert, Strauss e do pai da psicanálise Freud.

Cairo (Egipto)

É a capital do Egipto e a maior cidade do mundo árabe e do continente africano. Cidade histórica, conhecida pela civilização do antigo Egipto e pelos vestígios e obras que estes deixaram. Para os turistas, o mais fascinante é a visita às pirâmides e ao seu interior.

Speak Your Mind

*