Dia dos namorados 2013

Se as suas economias neste novo ano de 2013 não estão muito em alta, então há que poupar e deixar-se de mordomias no dia dos namorados. Os tempos apertados estão aí e é necessário fazer alguns cortes radicais nas despesas, tanto nas férias, como nas celebrações. Começou pelo Natal, depois no Réveillon e agora é tempo de poupar no dia dos namorados.

No entanto, não tem que deixar de festejar apenas porque é necessário cortar nas despesas. Pode sim criar alternativas às comemorações mais luxuosas a que estava habituado.

Por exemplo, se pretendia fazer uma viagem, passar uma noite ou duas em hotéis ou pousadas, ter uma experiência radical única, então pode deixar isso para outra altura e fixar-se em coisas que pode fazer dentro de casa. Em vez de jantar fora e pagar uma pequena fortuna, faça você uma refeição em casa e decore a seu gosto. Pode criar igualmente um ambiente romântico, com velas, rosas e música ambiente. O prato deve ser diferente do habitual e deve, pelo menos, escolher um bom vinho.

Se mesmo com o estado caótico das suas finanças decidir arriscar a fazer uma viagem, fique cá dentro e aproveite as paisagens de algumas das nossas serras. Aproveite para fazer turismo rural. Por vezes os melhores locais estão mesmo dentro do nosso país.

Uma terceira opção é criar algo seu para oferecer. Se, por exemplo, for bastante criativo e tiver um jeito especial para as artes, pode sempre pintar um quadro ou desenhar o rosto da sua cara metade. É algo que todos apreciam e tem outro valor.

Adoptar um animal de estimação também pode ser uma opção, no entanto, os encargos a longo prazo podem ser muitos, desde cuidados médicos, à alimentação, higiene e bem-estar.

Prepare uma surpresa visual em casa. Decore a casa de uma forma original, para além do tradicional tapete de pétalas e velas pela casa. Escreva bilhetes, cole fotos na parede, liberte a criatividade que tem.

Saia à noite para um passeio no parque. Por vezes, os momentos passados juntos podem ser o melhor presente. Leve a sua cara metade até ao parque da cidade e disfrute do luar e da paisagem sobre a cidade.

Escreva uma carta. Escrever uma carta e dizer algumas coisas que não tem coragem de dizer pessoalmente é uma opção bastante económica e funcional. A outra pessoa vai certamente gostar do gesto.

Speak Your Mind

*